Arkas, Halkbank,Galatasay,Istambul BBSK e Maliye estreiam com vitória na Liga Turca

O Arkas, Halkbank, Galatasay, Istambul BBSK e Maliye estrearam com vitória na Liga Turca Masculina 2018/2019.

Vamos aos resultados da primeira rodada:

Afyon 1 x 3 Arkas (19/25, 20/25, 25/19, 27/29).

AFY – Stankovic 16, Smith 15, Niels 15, Etugrul 8, Ekrem 4, Hascan 1, Cihan 1.

ARK – Yigit 24, Adis 19, Taht 9, João Paulo Bravo 6, Sikar 3, Matic 3, Radke 2, Koc 2.

Ziraat Bankasi 2 x 3 Halkbank (24/26, 27/25, 22/25, 25/21, 11/15).

ZIR – Finger 24, Filiz 12, Ghaemi 11, Savas 7, Jovovic 6, Kemal 4, Atli 2.

HAL – Luburic 23, Subasi 15, Gunes 14, Bayram 10, Hakki 8, Sket 7, Cam 4, Baranowicz 2.

Galatasaray 3 x 0 Inegol (25/19, 25/23, 25/23).

GAL – Venno 28, Aydin 11, Roland 6, Ulu 6, Gok 4, Keskin 3.

INE – Van Walle 14, Marshall 13, Elgaz 8, Koc 3, Cinar 3, Cansin 2.

Tokat 2 x 3 Istambul BBSK (21/25, 22/25, 25/22, 25/21, 9/15).

TOK – Okello 31, Bahov 17, Tetik 8, Kisal 5, Pajak 5, Caglar 4, Halil 4.

IST – Gungor 26, Toy 20, Gokgoz 14, Emet 9, Ugur 3, Ozkan 3, Murat 2.

Arhavi 2 x 3 Maliye (25/23, 15/25, 18/25, 25/23, 26/28).

ARH – Iereshchenko 23, Danilov 17, Mustedanovic 10, Basaran 6, Ozdemir 5, Karakaya 5, Mustafa 2.

MAL – Wendt 24, Yucel 21, N.Bruno 17, Osman 13, Sercan 9, Eksi 2.

Foto: twitter.com/arkas_spor

Anúncios

Lançamento da Superliga Masculina reúne representantes dos clubes em São Paulo

A edição que completa 25 anos da maior competição de voleibol no Brasil terá início no próximo dia 24 de outubro e o evento que lança oficialmente a Superliga Cimed masculina 2018/2019 aconteceu na manhã desta quarta-feira (17.10), em São Paulo (SP), com o encontro de representantes dos 12 clubes participantes. A competição será inaugurada com o duelo entre o Vôlei Renata (SP) e o atual campeão Sada Cruzeiro (MG), no taquaral, em Campinas (SP), às 19h30, com transmissão ao vivo do SporTV 2.

O evento contou com técnicos, atletas e dirigentes de Sada Cruzeiro, Sesi-SP, Sesc RJ, EMS Taubaté Funvic (SP), Fiat/Minas (MG), Vôlei Renata, São Judas Vôlei (SP), Corinthians-Guarulhos (SP), Caramuru Vôlei (PR), Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) e Vôlei UM Itapetininga (SP). O treinador do time de Ribeirão Preto, Marcos Pacheco, comentou a expectativa para a primeira temporada da equipe na elite do esporte.

Assim como em temporadas anteriores, a Superliga Cimed masculina 2018/2019 reunirá campeões olímpicos, mundiais, além de jogadores com passagens importantes pela seleção brasileiras.  Um dos campeões olímpicos que estarão em quadra nesta temporada, o ponteiro Ricardo Lucarelli, do EMS Funvic Taubaté, volta a disputa depois de quase um ano afastado por lesão. O atleta está confiante com as chances do time paulista na competição, mas sabe que o nível estará equilibrado e a missão de conquistar o título não será fácil.

“Com certeza nossa equipe foi montada para conquistar o título, mas sabemos que todas as outras equipes montaram excelentes elencos. Por isso, acreditamos que a batalha pelo título desta temporada será bastante dura. Mas, acredito que trabalhar com este foco nos ajuda a nos esforçar cada vez mais, que a gente consiga levar o troféu para a cidade de Taubaté, que merece”, comentou Lucarelli.

lanca-masc-28

Outra característica marcante destes 25 anos da Superliga é a participação de atletas estrangeiros das principais seleções do mundo. Nesta temporada não será diferente. Entre os destaques estão os levantadores argentinos Demián Gonzalez (Vôlei Renata) e Nico Uriarte (EMS Taubaté Funvic), o central francês Le Roux (Sada Cruzeiro) e o ponteiro dos Estados Unidos, Taylor Sander (Sada Cruzeiro), que garantiu estar bastante motivado para jogar no Brasil.

“Estou muito animado de jogar aqui. A principal razão de eu ter escolhido jogar em um clube brasileiro é o nível da Superliga. A seleção brasileira é uma das melhores do mundo, e não é à toa, já que conta com um campeonato muito forte. Eu estou animado para começar uma nova aventura, aprender uma nova forma de jogar voleibol. A cultura do voleibol no Brasil é muito forte e tenho certeza que será uma ótima experiência para a minha carreira. Meu objetivo é sempre jogar em grandes clubes, e eu quero ganhar títulos pelo Sada Cruzeiro”, explicou Sander.

lanca-masc-31

Transmissões na TV e na WEB

A Superliga Cimed masculina e feminina 18/19 estará disponível para os amantes da modalidade através da televisão e da internet. Os jogos estarão televisionados pelos canais SporTV e TV Gazeta, além do online, através do site Globoesporte.com e do Canal Vôlei Brasil, da TV NSports.

Fotos: Gaspar Nóbrega e Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Kadie Rolfzen e Katherine Bell são oficializadas pelo Henan

O Henan da China assinou com a ponteira Kadie Rolfzen e com a oposta Katherine Bell para temporada 2018/2019.

A ponteira Kadie tem 24 anos e 1,92 de altura e tem passagens pelo  Dresdner da Alemanha e na última temporada defendeu o Toray Arrows do Japão.

A oposta Katherine Bell tem 25 anos, 1.92 de altura e tem passagens pelo GS Caltex (COR), Manisa BBSK (TUR) e na última temporada o Balikesir BBSK também da Turquia.

sporcular_115_20170305231846
Bell (Foto: topstaragency.com)

Foto: World-Herald Service / norfolkdailynews.com

 

Kelly Murphy assina com o Shanghai para temporada 2018/2019

A oposta americana Kelly Murphy já definiu seu futuro, a jogadora assinou com o Shanghai da China para temporada 2018/2019. Murphy será companheira de equipe da ponteira italiana Anastasia Guerra.

Murphy tem 28 anos, 1.88 de altura e tem passagens pelo Mets de Guaynabo (Porto Rico), Vaqueras de Bayamón (Porto Rico), Ageo Medics (Japão), Novara (Itália), Henan (China).

Foto: worldgrandprix.2017.fivb.com

Madison Kingdon, TeTori Dixon e Rachel Rourke são oficializadas pelo Beijing

O Beijing da China oficializou a contratação da ponteira Madison Kingdon, da central Tetori Dixon e da oposta Rachel Rourke. O clube optou por três estrangeiras, embora só poderá jogar com duas estrangeiras em quadra.

Madison tem 25 anos, 1.81 de altura e tem passagens pelo Azerrail Baku do Azerbaijão e nas duas últimas temporadas defendeu o IBK Altos da Coreia.

 Tetori Dixon tem 25 anos e 1,91 de altura e tem passagens pelo Rabita Baku Azerbaijão, Toray Arrows do Japão e na última temporada o Monza da Itália.

534343308
Dixon (Foto:Sean M.Haffey / Getty Images)

A oposta Rachel Rourke tem 30 anos, 1.92 de altura e tem passagens pelo Muszyna (POL), Atom Trefl Sopot (POL), Rabita Baku (AZE), Pink Spiders (COR) e nas últimas temporadas defendeu o Sichuan da China.

Capturar
Rachel (Foto: Divulgação / CEV

Foto: Divulgação / FIVB.

 

 

 

Cuneo oficializou a contratação da ponteira cubana Wilma Salas

O Cuneo da Itália anunciou a contratação da ponteira cubana, Wilma Salas para temporada 2018/2019.

A jogadora tem 27 anos, 1.83 de altura e tem passagens pelo Santigo de Cuba, Rabita Baku (AZE) e vai para sua terceira temporada no Halkbank da Turquia.

Foto: halkbankspor.org.tr

Ageo Medics oficializou a contratação da oposta Katarina Barun

 O Ageo Medics do Japão oficializou a contratação da oposta croata, Katarina Barun para temporada 2018/2019.

Barun tem 34 anos, 1.94 de altura e tem passagens pelo Bergamo (ITA), Chieri (ITA), Metal Galati (ROM), Novara (ITA), Villa Cortese (ITA), Lokomotiv Baku (AZE) e na última temporada o Modena da Itália.

Foto: achs.jp