Categorias
Campeonatos Eventos Feminino Grad Prix Seleção Sem categoria

Fabi se despede das quadras aos 38 anos

A partida entre Praia Clube x SESC RJ, marcou a despedida da líbero bicampeã Fabi das quadras, aos 38 anos.

“Uma hora tem que chegar esse momento. Então, é uma decisão difícil pra todo mundo. Ninguém tem cem por cento de certeza nunca. Mas o corpo fala e, enfim, os desafios que vão aparecendo para você, você vai se sentindo feliz com as coisas que você conquistou. E é uma decisão tomada dia após dia, Superliga após Superliga, defesa após defesa. Conversa com muita gente, muitas pessoas. E aí, infelizmente, chega uma hora que tem que parar”, disse Fabi ao site globoesporte.com

Fabiana começou a jogar vôlei aos treze anos de idade na sua escola quando estava participando de uma competição escolar. Começou a treinar nas categorias de base, e devido sua baixa estatura se especializou na defesa, e logo com a criação da posição de líbero em 1998, passou a se destacar.

Com a Seleção Brasileira foi Bicampeã Olímpica (Pequim 2008 e Londres 2012). Foi seis vezes campeã do Grande Prix (2005, 2006, 2008, 2009, 20130), conquistou dois títulos da Copa dos Campeões (2013 e 2005) e medalha de Ouro nos jogos Pan-Americanos em 2011.

Em clubes conquistou vários títulos entre eles:

Decacampeã da Superliga pelo Rio de Janeiro em( 2005/2006, 2006/2007, 2007/2008, 2008/2009, 2010/2011, 2012/2013, 2013/2014, 2014/15,2015/16 e 2016/17).

Tetracampeã do Campeonato Sul-Americano de Clubes pelo Rio de Janeiro (2013, 2015,2016 e 2017).

Tricampeã da Copa Brasil pelo Rio de Janeiro: 2007, 2016 e 2017

Tricampea da Supercopa Brasileira pelo Rio de Janeiro: 2015, 2016 e 2017.

Conquistou vários prêmios individuais, entre eles:

Melhor líbero do Grand Prix 2002

Melhor líbero do Sul-Americano (2003 e 2007)

MVP do Sul-Americano 2009

Melhor líbero dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008

Melhor líbero e melhor defesa do Torneio de Voleibol Final Four 2008

Melhor líbero do torneio Montreux Volley Masters 2009

Melhor recepção da Superliga pelo Campos 2002/2003

Melhor líbero da Superliga pelo Campos 2002/2003

Melhor Jogadora da final da Superliga pelo Rexona-Ades 2007/2008

Melhor Passe da Superliga pelo Rexona-Ades 2007/2008

Melhor líbero da final da Superliga pelo Rexona-Ades 2008/2009

Melhor Defesa da Superliga pelo Rexona-Ades 2008/2009

Melhor Defesa da Superliga pelo Unilever (Ex Rexona Ades) 2010/2011

Melhor recepção da Copa do Mundo de Voleibol 2011

Melhor líbero do Mundial de Clubes 2016

Melhor Passe da Superliga pelo SESC RJ 2017/2018.

Foto: Agência AP

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s