Jiansu estreia na Liga Chinesa com vitória sobre o Shanghai

Começou oficialmente a temporada 2016/2017 da Liga Chinesa. No jogo de abertura o Jiansu bateu o Shanghai e estreou com vitória na competição. Gong com 16 pontos foi a maior pontuadora da partida.

Shanghai 0 x 3 Jiangsu (16-25,16-25,14-25).

SHA – Havelkova 12, Yichan Zhang 8, Sarah Pavan 7, Xu Jing 3, Ji Xiao 1.

JIA – Gong 16, Zhang Changning 12, Wen 7, Wang Chen 7, Yu 3.

Foto: sports.sina.com.cn

 

Anúncios

Vôlei Nestlé conquista o penta do Paulista

O Vôlei Nestlé conquistou o pentacampeonato Paulista neste domingo. O técnico Luizomar e suas comandadas ganharam do Pinheiros por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/15 e 25/19. Na sequência, as donas da casa marcaram 25/19 no Golden Set e fizeram uma grande festa com as quase 4 mil pessoas que lotaram o ginásio José Liberatti. Com 14 títulos, o time de Osasco aumenta sua hegemonia na competição estadual.

OSASCO – Dani Lins 4, Paula 12, Tandara 22, Malesevic 5, Bia 19, Saraelen 7, Bjelica 1, Gabi 8.

PINHEIROS – Ananda 2, Bárbara 14, Milka 9, Mimi Sosa 10, Maira 12, Vanessa 9, Tanya Acosta 2, Lays 1.

Foto: João Pires/Fotojump

Veselin Vuković: “Bartosz disse que tinha ataques de pânico. Eu gostaria que ele fosse honesto …”

A saída do oposto Bartosz Kurek do JT Thunders segue rendendo nos últimos dias, o jogador alegou problemas de saúde para deixar a equipe e uma semana depois, assinou contrato com Skra Belchatow.

O treinador do JT Thunders falou sobre a saída do polonês da equipe.

“Eu estava esperando algo como isso dele. Ele só lhe diz muito sobre Bartosz. JT Thunders é um grande clube, onde ele teria ganho ainda mais experiência, mas ele escolheu um caminho diferente e fez uma má imagem de si mesmo para o público.”

“Sua explicação de que ele precisa de tempo para reconstruir a si mesmo” é muito engraçado. Desejo-lhe sorte. Vamos fazer um bom resultado sem ele. Eu gostaria que ele fosse honesto. Ele poderia ter dito “Eu mudei minha mente, eu não quero jogar no Japão.”

Como o atacante explicou sua decisão ao clube do Japão? Ele disse que tem um problema, que são ataques de pânico. Temos um relatório médico do médico polonês que confirmou que Bartosz tem ataques de pânico. O médico disse que ele deve passar por tratamento, o que vai levar de 6 a 8 semanas. O meu clube não poderia esperar tanto tempo. Desde segunda-feira Bartosz treina em Belchatow, para mim tudo é claro – diz o treinador.

Para mim, assim como toda a questão está encerrada. Desejo-lhe tudo de melhor em Belchatow. Agora vamos olhar apenas para frente. Ao  Bartosz, tudo de melhor na vida e carreira – admite o treinador de 61 anos de idade.

Foto: vijesti.me

Fonte: sportowefakty.wp.pl

Sheilla: “Eu quero estar mais perto da família depois de tantos anos consecutivos na seleção”

Na Itália até a próxima segunda-feira a oposta Sheilla falou ao site gazzetta.it sobre seleção e planos para o futuro. A jogadora vai inaugurar em Pesaro uma escola de voleibol, Sheilla & Friends, com sua amiga Rossini Janete Silveira e não queria perder a festa de abertura marcada para domingo.

Com a ideia de abrir uma escola semelhante no próximo ano no Brasil. Até segunda-feira vou ficar em Roma para umas férias curtas – diz Sheilla. Vou encontrar alguns amigos como Adenízia, que este ano vai jogar no Savino Del Bene Scandicci.

Um ano de folga dos eventos competitivos, uma escolha incomum, mas compreensível. Ainda tem estímulos para retornar em um clube, aos 33 anos, depois de vencer tudo?

“Eu quero estar mais perto da família e dos meus amigos depois de tantos anos consecutivos de clube e seleção, onde eu não era capaz de ter tempo suficiente para mim. Por isso, a escolha. Vou ter ainda mais vontade de jogar.”

Rio 2016 é uma ferida aberta. A saída do Brasil nas quartas, país sede e os os Jogos Olímpicos, deixou alguma marca?

“Eu realmente lutei. Perder não é agradável e perder em casa é ainda mais difícil. China teve um desempenhado melhor e merecia o ouro.”

Imediatamente após a derrota no tie-break contra a China,  você anunciou sua aposentadoria da equipe nacional.

“Eu fiz a minha decisão há dois anos, após os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, eu deixaria a seleção.”

 Ela também respondeu sobre a questão de saber se ela está planejando ter um filho.

“Por que não? Talvez isso possa acontecer no próximo ano. Você nunca sabe. Esse ano eu decidi parar, quero ficar com os meus entes queridos e com meu marido Brenno que é treinador em um time de basquete em Brasília.”

Foto:  Reprodução do Instagram

Fonte: gazzetta.it

Conegliano perde para o Dínamo Moscow

Sem contar com algumas de suas principais jogadoras o Conegliano foi superado pelo Dínamo Moscow.

Conegliano 0 x 3 Dínamo Moscow (14-25, 15-25, 19-25).

CON – Bricio 11, Costagrande 9, Ortolani 8, Cibin 3, Barazza 3, Skorupa 2, Cella 1,  Carletti 1.

DIN – Goncharova 17, Bavykina 7,  Lyubushkina 7, Fetisova 7, Shcherban 6, Morozova 1, Kosianenko 1.

Foto: Chiara Vaccari – Imprensa fipav vicenza.

Anne Buijs aguarda visto sair para se apresentar ao Rexona

A ponteira Anne Buijs teve alguns problemas com seu visto e precisou voltar ao consulado hoje em Haia para resolver algumas questões burocráticas e acredita que poderá ter seu visto liberado nos próximos dias.

A jogadora já queria ter se apresentado ao Rexona para iniciar os treinamentos para o Mundial de Clubes que vai ocorrer no próximo mês. Buijs informou que segue treinando na Holanda e não vê a hora de se juntar ao clube.

Foto: fivb.org

Fonte: volleybalkrant.nl

Antonin Rouzier anuncia aposentadoria da seleção francesa

O oposto francês Antonin Rouzier anunciou hoje sua aposentadoria da seleção francesa de voleibol. Rouzier tem 30 anos e com a seleção foi Campeão da Liga Mundial em 2015 e Campeão Europeu.

“Hoje, estou anunciando oficialmente minha aposentadoria internacional. Obrigado pelo apoio durante estes 10 anos excepcionais. É hora de seguir em frente. Todas as emoções compartilhadas com vocês ficará gravada para sempre”, escreveu Rouzier em seu perfil no Instagram.

Foto: fivb.org