Sergey Tetyukhin anuncia aposentadoria

O ponteiro russo e Campeão Olímpico Sergey Tetyukhin, anunciou hoje, antes da partida entre Belogorie Belgorod x Ziraat Bankasi pela final da CEV CUP, que vai se aposentar do voleibol no fim da atual temporada.

“Esta é a minha última temporada, ou seja, tenho apenas alguns jogos restantes. O corpo não reage a alguns impulsos, está cada vez pior, entendo que não vale a pena continuar. Eu acho que o momento chegou. É hora de Pendurar os sapatos ou, no meu caso, o tênis, e dar aos jovens a oportunidade de se desenvolverem tranquilamente”, disse Tetyukhin.

Tetyukhin tem 42 anos e 1,97 de altura, boa parte da sua carreira em clubes, passou no Belogorie Belgorod, teve passagens também pelo Parma, Dynamo-Tattransgaz e pelo Zenit Kazan.

Em clubes até o momento conquistou,  10 títulos da Liga Russa, 11 títulos da Copa da Rússia, 2 títulos da Supercopa da Rússia, 4 títulos da Champions League, 1 título do  Mundial de clubes, 1 título da CEV CUP.

Com a Seleção Russa foi Campeão Olímpico em Londres 2012, Prata nos jogos de Sidney 2000, Bronze nos jogos de Atenas 2004 e Beijing 2008. Conquistou 2 títulos da Word Cup em 1999 e 2011 e foi campeão da Liga Mundial em 2002.

Foto: KIRILL KUDRYAVTSEV/AFP/GettyImages

 

Anúncios

Medalha de bronze para os Estados Unidos

A Seleção Masculina dos Estados Unidos bateram a Rússia no tie-break e conquistaram a medalha de bronze nos jogos Olímpicos do RIO. O oposto Anderson foi o maior pontuador da partida com 21 pontos (18 ataques, 2 bloqueios e 1 ace).

EUA 3 x 2 Rússia (23-25, 21-25, 25-19, 25-19, 15-13).

EUA – Anderson 21, Priddy 18, Sander 17, Holt 13, Lee 11, Jaeschke 3, Christenson 3, Russell 2.

RUA – Bakun 14, Kliuka 14, A. Volvich 14, A.Volkov 10, Tetyukhin 9, D.Volkov 3, Mikhaylov 3, Grankin 2.

Foto: Divulgação / FIVB.

Vladimir Alekno fala sobre a derrota para o Brasil

Após a partida entre Brasil e Rússia o técnico Vladimir Alekno estava insatisfeito com o resultado do jogo e criticou os árbitros da partida.

“Para nós foi uma atitude tendenciosa por parte dos juízes neste jogo, mas falar sobre isso agora não muda nada”, disse Alekno.

“Depois de Londres, após o Campeonato Europeu, não conseguimos vencer uma equipe forte. Nosso vôlei parou de se desenvolver por algum motivo. Temos que descobrir isso, por que não podemos mais bater uma equipe forte. Eles (Brasil) não nos deixaram jogar da maneira que queríamos”, acrescentou Alenko.

Foto: fivb.com

Fonte: rsport.ru

Medalha de bronze para os Estados Unidos

A Seleção Feminina dos Estados Unidos venceram a Holanda e conquistaram a medalha de bronze nos jogos Olímpicos do Rio. A ponteira Hill foi a maior pontuadora da partida com 19 pontos (13 ataques, 2 bloqueios e 4 aces). Buijs e Soletjes foram as maiores pontuadoras da Holanda com 15 pontos cada.

Holanda 1 x 3 EUA (23 – 25, 27 – 25, 22 – 25, 19 – 25).

HOL – Buijs 15, Sloetjes 15, Plak 11, Robin 11, Pietersen 9, Belien 5, Dijkema 2, Steenbergen 1.

EUA – Hill 19, Akirandewo 16, Adams 15, Larson 15, Murphy 7, Lowe 5, Glass 2.

Foto: Divulgação / FIVB.

Itália bate Estados Unidos e garante vaga na final do jogos Olímpicos

Em jogo disputado e emocionante a Itália venceu agora pouco os Estados Unidos e garantiu vaga na final dos Jogos Olímpicos do Rio. Até o final do quarto set, os americanos vinham comandando o placar por 22 a 19, até que veio uma sequência de saques incríveis de Zatsev, os italianos conseguiram fazer seis pontos seguidos, sendo 3 aces do oposto, um deles com a bola tocando a linha por milímetros.

Anderson foi o maior pontuador da partida com 25 pontos (18 ataques, 2 bloqueios e 5 aces). Zatsev foi o maior pontuador da Itália com 21 pontos (16 ataques e 5 aces).

Itália 3 x 2 EUA (30 – 28, 26 – 28, 9 – 25, 25 – 22, 15- 9).

ITA – Zaytsev 21, Lanza 16, Juantorena 14, Buti 8, Birarelli 8, Giannelli 7, Antonov 1.

EUA – Anderson 25, Holt 16, Russell 14, Sander 10, Lee 9, Christenson 5.

Foto: Divulgação / FIVB.

Terzic: “Vencemos o melhor time do mundo”

Hoje foi uma dia especial para o voleibol Feminino da Sérvia, além de vencer os Estados Unidos, garantiram vaga para a final do jogos Olímpicos do Rio. Veja o que disse o técnico Terzic:

Eu não consigo encontrar palavras para descrever o que significa esta vitória para mim, para o voleibol sérvio e para todos na Sérvia. É a nossa primeira medalha olímpica, que muito nos orgulha. Nós derrotados  o melhor time do mundo agora. É surpreendente, uma vitória por 3-2. Estou extremamente satisfeito.”

A levantadora Ognjenovic também falou sobre a vitória sobre os Estados Unidos:

Fomos capazes de voltar no quinto set, quando perdíamos por três pontos. Estou muito orgulhosa da minha equipa e isso é histórico para o voleibol sérvio.Vamos dar o nosso melhor na final”

Foto: fivb.org

Fonte: worldofvolley.com

Sérvia bate EUA e garante vaga na final dos jogos Olímpicos do Rio

Acabou o sonho da medalha de ouro para os Estados Unidos, agora pouco em um jogo bem disputado as americanas foram superadas no tie-break pela corajosa seleção da Sérvia.

Jogo marcado por muitos erros, foram 32 erros da Sérvia e 29 dos EUA, no bloqueio as americanas levaram a melhor com 17×16, no saque foram 8 pontos da Sérvia contra 2 das americanas.

 Mihajlovic e Boskovic foram os destaques e maiores pontuadoras da partida com 22 e 20 pontos. Adams foi a maior pontuadora dos Estados Unidos com 14 pontos.

Sérvia que vai para sua primeira final olímpica aguarda o adversário que sairá do confronto entre China x Holanda.

Sérvia 3 x 2 EUA (20 – 25, 25 – 17, 25 – 21,  16 – 25, 15 – 13).

SER – Mihajlovic 22, Boskovic 20, Rasic 18, Stevanovic 6, Ognjenovic 4, Malesevic 1, Veljkovic 1.

EUA – Adams 14, Lowe 13, Larson 12, Akirandewo 8, Robinson 8, Murphy 7, Harmotto 5, Hill 2.

Foto: Divulgação / FIVB.