Luizomar de Moura novo técnico da Seleção Peruana de Vôlei

A (FPV) Federação Peruana de Võlei anunciou hoje que o brasileiro Luizomar de Moura será o novo técnico da Seleção Feminina de Vôlei do seu país. Luizomar de Moura chega para substituir o também brasileiro Mauro Marasciulo.

De acordo com a imprensa peruana Luizomar chegar em Lima na quarta-feira de manhã. Em seguida, na parte da tarde (12:30) segue para uma conferência com a imprensa onde será oficializado com novo técnico da seleção.

Luizomar de Moura tem 50 anos e foi campeão mundial com o Brasil nas categorias de base e desde de 2005 é técnico da equipe do Osasco.

Foto: João Pires/Fotojump)

Fonte: vives.futbol

Federação Turca oficializou Giovanni Guidetti como técnico da Seleção Feminina de Vôlei

Agora é Oficial! A Federação Turca confirmou hoje Giovanne Guidetti como novo técnico da Seleção Feminina de Vôlei da Turquia.

“Estou muito feliz, este será um novo desafio para mim. Passei oito anos neste país e eu sei sistema de vôlei na Turquia. A Seleção Feminina irá passa por uma reconstrução. Nosso primeiro objetivo é a classificação para Copa do Mundo em 2018 e ter sucesso no Continental Europeu, depois vamos trazer jovens jogadores na nossa equipe nacional. Essa será parte das mudanças visando os jogos Olímpicos de 2020″ , Disse  Guidetti.

A Federação confirmou também Joško Milenkoski como treinador da Seleção Masculina de Vôlei.

Eu vou lutar com todo meu coração e paixão. Nós prometemos que vamos alcançar bons resultados.  Esta é uma grande oportunidade para mim e agradeço a Federação Turca pela oportunidade que eles me deram. Portanto, eu prometo que vamos conseguir êxitos importantes.” , disse Milenkoski.

Foto: tvf.org.tr

Giovanni Guidetti deixa Seleção Holandesa e pode assumir Seleção da Turquia

Giovanni Guidetti decidiu deixar o cargo de técnico da seleção holandesa em entrevista ao site da Federação, o técnico alegou que gostaria de ter mais tempo para ficar com sua família.

Esta foi a decisão mais difícil que tive de fazer na minha vida. Deixo uma equipa com bons jogadores e uma excelente equipe no meio de um caminho de sucesso. Eu não fiz a melhor escolha para mim como treinador, mas eu fiz melhor escolha para a minha família. ser capaz de ficar com a minha filha de 12 meses por ano em vez de 6 me fez rever meus planos” disse Guidetti ao site da federação holandesa.

Mas parece que a ideia não é fica só perto da família, de acordo com imprensa Turca, Guidetti estaria em negociação e pode ser anunciado em breve como novo treinador da Seleção Feminina da Turquia.

Foto: Divulgação / FIVB.

Gavin Schmitt anuncia aposentadoria da seleção canadense

A Federação Canadense de Vôlei anunciou que o oposto Gavin Schmitt decidiu encerrar sua trajetória na seleção.

“O primeiro passp é tentar e ficar saudável e honrar meu contrato com o meu clube na Polônia. Não é nenhum segredo que eu tenho lutado contra lesões ao longo dos últimos anos, e eu gostaria realmente superar os que me afligia todo o verão e passar por esta temporada. Eu adoro jogar para o Canadá e adoro brincar com os caras; que vai ser uma grande mudança e eu não tenho certeza que será um caminho fácil. Eu não vou estar jogando com a equipe mas espero continuar acompanhando os eventos para apoiar e ajudar a crescer o esporte “, disse Schmitt.

Com a seleção Schmitt foi prata na Copa Pan-Americana em 2008 e 2009. Prata e Bronze no Campeonato da Norceca em 2013 e 2011. Bronze nos Jogos Pan-Americanos em Toronto 2015, eleito o melhor saque e o maior pontuador dos jogos.

Fotos: cbc.ca

Ary Graça reeleito presidente da FIVB para mandato de oito anos

O brasileiro Ary Graça foi reeleito presidente da Federação Internacional de Vôlei (FIVB),  no 35º Congresso Mundial da FIVB em Buenos Aires, onde ele se comprometeu a construir sobre o voleibol de “época de ouro” de sucesso. Os delegados aprovaram a reeleição do Dr. Graça por aclamação no final do primeiro dia do Congresso de dois dias.

“O voleibol é, sem dúvida,  uma era de ouro de sucesso e é uma honra para mim ter a oportunidade de prestígio para construir para este grande sucesso e levar nosso esporte para alturas ainda maiores. 
“Não há limite para a evolução do voleibol, não há limite para o sucesso do desporto e não há limite para o número de pessoas ao redor do mundo que podem inspirar e eu prometo para ajudar vôlei cumprir o seu enorme potencial.
“Obrigado à família global de voleibol por acreditar na minha visão, juntos faremos voleibol do entretenimento desporto uma família número no mundo”, disse Ary Graça.
Graça, que foi eleito pela primeira vez em 2012 no FIVB World Congress, em Anaheim, EUA, ficou sem oposição para a re-eleição para a presidência da FIVB para o período de 2016-2024 após ter recebido um apoio unânime para sua candidatura a partir de todas as cinco confederações continentais da FIVB.
Fonte e foto: fivb.com

Valentina Diouf diz “não” à Seleção Italiana

A Seleção Italiana voltou aos treinos para o Campeonato Europeu, sem contar com o técnico Marco Bonitta, a Itália será comandada por Cristiano Lucchi.

Lucchi convocou Valentina Diouf para a competição, mas a jogadora preferiu não retornar à Seleção.

“Eu tive uma longa conversa com Valentina depois do que aconteceu antes Rio (Jogos Olímpicos). Ela me disse que, neste momento, preferia ter uma pausa longe da equipe nacional. Ela não queria voltar para uma terceira vez depois de ser deixada de fora em Tóquio e no Rio. Ela também pediu desculpas a mim, depois que eu lhe tinha dado tempo para pensar. Agora ela tem que voltar ao trabalho e começar a jogar. Não para mim para avaliar esta situação” , disse Cristiano Lucchi.

Fonte: worldofvolley.com

Foto: fivb.com

Vladimir Alekno não permanecerá no comando da Seleção Russa

De acordo com o site russo life.ru o técnico Vladimir Alekno não vai renovar seu contrato com a Federação Russa de Voleibol. O técnico agradeceu aos dirigentes pela oportunidade de voltar a seleção, mas que ele não poderia continuar no comando da seleção por causa da sua saúde e quer se dedicar somente ao Zenit Kazan.

Ainda de acordo com o site, dois nomes estão na lista para assumir a seleção. O primeiro é Plamen Konstantinov, atualmente é técnico da seleção da Bulgária. O segundo é Boris Grebennikov, atualmente é técnico do Ural Ufa da Rússia.

Foto: Divulgação / FIVB.

Fonte: life.ru