Nadia Centoni anuncia aposentadoria

A oposta italiana, Nadia Centoni anunciou aposentadoria do voleibol aos 36 anos. A jogadora teve passagens por alguns clubes entre eles: Fiorentino (ITA), Firenze (ITA), Novara (ITA), Vicenza (ITA), Pesaro (ITA), Padova (ITA), Galatasaray (TUR), foi no RC Cannes da França que a jogadora se destacou.

Com a equipe conquistou 7 título da Liga Francesa, 7 título da Copa da França, Foi prata e Bronze da Champions League Feminina. Com a seleção Italiana foi prata no Grand Prix de 2004 e Bronze em 2006 e também foi medalha de prata no Campeonato Europeu de 2005.

Foto: Giuseppe Bellini/Getty Images

Anúncios

Neslihan Demir, Gozde Kirdar e Seda Aslanyürek se despedem das quadras

A final da Champions League Feminina, marcou a despedida das quadras, de 3 grandes jogadoras turcas, a oposta Neslihan Demir, da ponteira Gozde Kirdar e da ponteira/oposta Seda Aslanyürek.

A oposta Neslihan Demir, se despede das quadras aos 34 pontos, em clubes defendeu o Eskişehir DSİ Bentspor, Yeşilyurt, VakıfBank CV Tenerife, Eczacıbaşı VitrA e Galatasaray. Com a Seleção Turca foi Campeã dos Jogos do Mediterrâneo 2005 e Bronze no Grand Prix de 2012.

Capturar
Neslihan Demir (Foto: Divulgação / CEV)

A ponteira Gozde Kirdar (Sonsirma), tem 32 anos, chegou ao Vakifbank em 1999, equipe que defendeu até hoje. Com o clube foi Campeã da Liga Turca, Champions League, Mundial de Clubes, Copa da Turquia e Supercopa da Turquia.

Com a Seleção Turca foi Bronze no Grand Prix de 2012, Bronze dos Jogos do Mediterrâneo em 2011 e 2017.

2_gozde_kirdar
Gozde Kirdar (Foto: Divulgação / Vakifbank)

Seda Aslanyürek tem 31 anos, em clubes teve passagens pelo İller Bankası, Fenerbahçe, Beijing, Vakifbank e Galatarasay. Conquistou alguns títulos entre eles: Copa da Turquia, Supercopa da Turquia, Mundial de Clubes, Liga Turca, CEV Cup.

Com a Seleção Turca foi Campeã dos Jogos do Mediterrâneo em 2005 e Prata no Campeonato Europe de 2003 e 2009.

13233073_553493068155704_8673640997937530316_n
Seda (Foto: VolleyTurkey)

Foto: Divulgação / CEV.

Fabi se despede das quadras aos 38 anos

A partida entre Praia Clube x SESC RJ, marcou a despedida da líbero bicampeã Fabi das quadras, aos 38 anos.

“Uma hora tem que chegar esse momento. Então, é uma decisão difícil pra todo mundo. Ninguém tem cem por cento de certeza nunca. Mas o corpo fala e, enfim, os desafios que vão aparecendo para você, você vai se sentindo feliz com as coisas que você conquistou. E é uma decisão tomada dia após dia, Superliga após Superliga, defesa após defesa. Conversa com muita gente, muitas pessoas. E aí, infelizmente, chega uma hora que tem que parar”, disse Fabi ao site globoesporte.com

Fabiana começou a jogar vôlei aos treze anos de idade na sua escola quando estava participando de uma competição escolar. Começou a treinar nas categorias de base, e devido sua baixa estatura se especializou na defesa, e logo com a criação da posição de líbero em 1998, passou a se destacar.

Com a Seleção Brasileira foi Bicampeã Olímpica (Pequim 2008 e Londres 2012). Foi seis vezes campeã do Grande Prix (2005, 2006, 2008, 2009, 20130), conquistou dois títulos da Copa dos Campeões (2013 e 2005) e medalha de Ouro nos jogos Pan-Americanos em 2011.

Em clubes conquistou vários títulos entre eles:

Decacampeã da Superliga pelo Rio de Janeiro em( 2005/2006, 2006/2007, 2007/2008, 2008/2009, 2010/2011, 2012/2013, 2013/2014, 2014/15,2015/16 e 2016/17).

Tetracampeã do Campeonato Sul-Americano de Clubes pelo Rio de Janeiro (2013, 2015,2016 e 2017).

Tricampeã da Copa Brasil pelo Rio de Janeiro: 2007, 2016 e 2017

Tricampea da Supercopa Brasileira pelo Rio de Janeiro: 2015, 2016 e 2017.

Conquistou vários prêmios individuais, entre eles:

Melhor líbero do Grand Prix 2002

Melhor líbero do Sul-Americano (2003 e 2007)

MVP do Sul-Americano 2009

Melhor líbero dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008

Melhor líbero e melhor defesa do Torneio de Voleibol Final Four 2008

Melhor líbero do torneio Montreux Volley Masters 2009

Melhor recepção da Superliga pelo Campos 2002/2003

Melhor líbero da Superliga pelo Campos 2002/2003

Melhor Jogadora da final da Superliga pelo Rexona-Ades 2007/2008

Melhor Passe da Superliga pelo Rexona-Ades 2007/2008

Melhor líbero da final da Superliga pelo Rexona-Ades 2008/2009

Melhor Defesa da Superliga pelo Rexona-Ades 2008/2009

Melhor Defesa da Superliga pelo Unilever (Ex Rexona Ades) 2010/2011

Melhor recepção da Copa do Mundo de Voleibol 2011

Melhor líbero do Mundial de Clubes 2016

Melhor Passe da Superliga pelo SESC RJ 2017/2018.

Foto: Agência AP

 

 

 

 

 

 

Sergey Tetyukhin anuncia aposentadoria

O ponteiro russo e Campeão Olímpico Sergey Tetyukhin, anunciou hoje, antes da partida entre Belogorie Belgorod x Ziraat Bankasi pela final da CEV CUP, que vai se aposentar do voleibol no fim da atual temporada.

“Esta é a minha última temporada, ou seja, tenho apenas alguns jogos restantes. O corpo não reage a alguns impulsos, está cada vez pior, entendo que não vale a pena continuar. Eu acho que o momento chegou. É hora de Pendurar os sapatos ou, no meu caso, o tênis, e dar aos jovens a oportunidade de se desenvolverem tranquilamente”, disse Tetyukhin.

Tetyukhin tem 42 anos e 1,97 de altura, boa parte da sua carreira em clubes, passou no Belogorie Belgorod, teve passagens também pelo Parma, Dynamo-Tattransgaz e pelo Zenit Kazan.

Em clubes até o momento conquistou,  10 títulos da Liga Russa, 11 títulos da Copa da Rússia, 2 títulos da Supercopa da Rússia, 4 títulos da Champions League, 1 título do  Mundial de clubes, 1 título da CEV CUP.

Com a Seleção Russa foi Campeão Olímpico em Londres 2012, Prata nos jogos de Sidney 2000, Bronze nos jogos de Atenas 2004 e Beijing 2008. Conquistou 2 títulos da Word Cup em 1999 e 2011 e foi campeão da Liga Mundial em 2002.

Foto: KIRILL KUDRYAVTSEV/AFP/GettyImages

 

Karine Guerra se despede das quadras aos 39 anos

A partida entre Minas e Fluminense marcou a despedida da levantadora Karina Guerra das quadras. Grávida de quase sete meses do segundo filho, a jogadora decidiu se aposentar aos 39 anos.

“É um orgulho. Quero agradecer aos meus pais, meu marido, minha família, minhas irmãs e todos que me apoiaram a vida inteira. Eu não queria parar, mas chega um momento que a gente sabe que tem que parar. Esse momento chegou. Eu estou muito feliz por tudo que Deus me proporcionou, tive muitas conquistas nesses últimos 15 anos, muito mais do que eu imaginava. Estou tendo a oportunidade de fechar a minha carreira no Minas Tênis Clube, que eu não tenho palavras para agradecer por tudo que esse clube fez e faz por mim todos os dias. Tenho certeza que eu fiz o melhor que eu pude, sempre”, disse Karine.

Karine defendeu alguns clubes entre eles o ASBS/Suzano (BRA), ADCM São Bernardo (BRA), Pinheiros/Blue Life (BRA), Brunelli Volley Nocera Umbra (ITA), Fiat/Minas (BRA), Tenerife Marichal (ESP), Brusque (BRA), Sollys/Osasco (BRA), Volero Zurich (SUI), Praia Clube (BRA) e nas duas últimas temporadas o Camponesa Minas.

Conquistou vários títulos entre eles o Mundial de clubes, Supercopa da Espanha, Superliga, Liga Suíça, Copa da Suíça, Campeonato Mineiro, Campeonato Paulista, Sul-Americano e Copa Brasil.

Foto: .minastenisclube.com.br

Hui Ruoqi anuncia aposentadoria

A ponteira Campeã Olímpica Hui Ruoqi anunciou aposentadora do voleibol aos 26 anos. Uma cerimônia de aposentadoria para Rui de 26 anos foi realizada durante a última partida da fase de classificação da Liga chinesa.

Isso põe fim a uma brilhante carreira de 18 anos, durante a qual Hui sofreu várias cirurgias, inclusive em seu coração, mas sempre voltou a emocionar seus milhões de fãs em casa e em todo o mundo.

Hui continuará envolvida no esporte, agora irá concentrar em uma fundação que criou para promover o desenvolvimento do voleibol feminino.

“Vou me concentrar na base de desenvolvimento do voleibol feminini em 2018 e tentar resolver alguns problemas sociais por atividades esportivas”, disse Hui.

Foto: Osports

Fonte: worldofvolley.com

Charlotte Leys e Valerie Courtois anunciam aposentadoria da Seleção Belga

A Federação Belga de Voleibol anunciou que a ponteira Charlotte Leys (27) e a Líbero Valerie Courtois decidiram se aposentar da Seleção Belga de Vôlei Feminino.

” Os Tigres Amarelos se despedem de Valérie Courtois e Charlotte Leys, dois fortes pilares que estiveram envolvidos no sucesso dos Tigres no primeiro nível do voleibol nos últimos anos: Prata na Liga Européia, Final de seis no Grand Prix e dois anos na elite do Grand Prix, décimo primeiro lugar na Copa do Mundo de 2014 e bronze no Euro 2013 “, divulgou a Federação.

Para o ano de 2018, a Seleção não contará com a oposta Lise Van Hecke, que decidiu tirar um ano para descansar. Também foi anunciado que o treinador federal Gert Vande Broek foi autorizado a incluir Sarah Smits e Frauke Dirickx, dois ex-Tigres Amarelos em sua equipe.

Foto: VIRGINIE LEFOUR – BELGA