SESC-RJ Campeão do Campeonato Carioca Masculino

O SESC-RJ venceu o Botafogo por 3 x 0, com parciais de 25/18, 25/22, 25/23 e conquistou o título do Campeonato Carioca Masculino 2017. Esse foi o segundo título estadual conquistado pela equipe, fundada em 2016.

Próximo desafio do SESC-RJ será pela Superliga Masculina, a equipe estreia na competição no próximo sábado (14), em casa, contra o Taubaté.

Fonte e foto: globoesporte.globo.com

Anúncios

SESC RJ vence Fluminense e conquista título do Carioca

O SESC RJ venceu o Fluminense por 3 x 1, com parciais de 25/17, 25/21, 24/26, 25/22 e conquistou o título do Campeonato Carioca 2017. Esse foi o  13ª título estadual conquistado pela equipe.

Agora a equipe do SESC terá um novo desafio, dessa vez pela Supercopa. Atual campeão da Superliga vai encarar o Minas na próxima sexta-feira (13/10). Jogo será às 20h:30 e terá transmissão do Sportv.

Foto: globoesporte.globo.com

 

Fluminense faz história vence Rexona e interrompe sequência de 12 títulos consecutivos para equipe carioca.

Fluminense foi a primeira equipe a desbancar o Rexona/SESC na liga carioca, Imbatível nas últimas 12 oportunidades, a recém formada equipe do Fluminense que fez história levou a taça para casa.

Em uma partida eletrizante, na noite desta quinta-feira (29/09), o Fluminense derrotou o Rexona-Sesc, por 3 sets a 2, parciais de 25/23, 13/25, 21/25, 25/20 e 16/14. Diante de grande presença do público, que apoiou o time até o final, a equipe de Bernardinho cedeu a vitória no tie break para o Tricolor que, após um ace da central Lara, fez história ao tirar o título estadual do atual campeão da Superliga, pela primeira vez.

Na decisão desta noite, o Fluminense, comandado por Hylmer Dias, entrou em quadra com Juliana Perdigão, Pri Heldes, Lara, Letícia Hage, Sassá, Jú Costa e Renatinha, além da participação de Jordane, Arianne e Natasha Valente. Já o técnico Bernardinho, escalou Fabi, Roberta, Carol, Juciely, Gabi, Drussyla e Monique e também utilizou Camila Adão e Helô no decorrer do duelo.

As principais armas da equipe do fluminense foram a ponteira Sassá e a oposta Renatinha. A levantadora Pri Heldes brilhou e levou o título de MVP da competição, Lara nobre praticamente anulou a central Juciely na rede, Sassá dona de uma atuação de gala fez uma partida impecável, já Drusssyla teve um bom início de partida e ao decorrer do confronto caio de ritmo.

Fonte/Foto/Divulgação: MelhorDoVôlei Crédito: Mailson Santana/FFC