Ferhat Akbas deixa a comissão técnica do Japão

O turco Ferhat Akbas não faz mais parte da comissão técnica da Seleção Japonesa Feminina de Vôlei. Em seu Instagram o técnico informou os motivos por ter tomado essa decisão.

“Devido à intensidade dos calendários da FIVB e CEV, tive que tomar uma decisão muito difícil para mim. A escolha foi entre trabalhar tanto para um clube, quanto para a equipe nacional ao mesmo tempo ou ficar sempre no Japão até o final dos Jogos Olímpicos, o que significa ficar no Japão por 16 meses. Embora eu tenha dado cem por cento para o Japão nos últimos dois anos, não posso escolher trabalhar no Japão por 16 meses para minha carreira profissional e minha vida. Gostaria de agradecer aos nossos torcedores, à Federação Japonesa de Voleibol, as jogadoras e a todos os meus amigos do Japão por esses dois anos. Tive uma experiência que nunca vou esquecer. Foi uma honra para mim levar a bandeira do Japão no meu peito”, disse Akbas.

Foto: Reprodução / Instagram

Anúncios

Michelle Bartsch eleita MVP, Tandara e Suelen também foram premiadas na Liga das Nações

Os Estados Unidos venceram a Turquia e conquistaram o título da Liga das Nações. A ponteira Michelle Bartsch foi eleita a MVP da competição. A oposta Tandara e a líbero Suelen, também foram premiadas.

Confira como ficou as premiações individuais:

MVP: Michelle Bartsch (EUA)

Melhor levantadora: Cansu Ozbay (TUR)

Melhor oposta: Tandara Caixeta (BRA)

Melhor ponteira 1: Michelle Bartsch (EUA)

Melhor ponteira 2: Ting Zhu (CHI)

Melhor central 1: Eda Erdem (TUR)

Melhor central 2: Tetori Dixon (EUA)

Melhor líbero: Suelen Pinto (BRA).

Foto: volleyball.world

Estados Unidos vencem Turquia e conquistam título da Liga das Nações

Os Estados Unidos venceram a Turquia no tie-break e conquistaram o título da Liga das Nações Feminina. Destaque Kimberly Hill que saiu do banco e foi decisiva para vitória americana.

A ponteira foi a maior pontuadora dos Estados Unidos com 20 pontos, sendo 16 de ataques, 1 bloqueio e 3 aces. A oposto Meryem Boz e a central Eda Erdem foram os destaques da Turquia com 20 pontos, cada.

Turquia 2 x 3 Estados Unidos (25-17, 22-25, 28-26, 15-25, 7-15).

TUR – Boz 20, Erdem 20, Baladin 12, Gunes 10, Ismailoglu 7, Ozbay 2, Alikaya 1, Karakurt 1.

EUA – Hill 20, Bartsch 18, Larson 15, Akirandewo 12, Dixon 10, Lloyd 7, Murphy 2.

Foto: Divulgação / FIVB.

Estados Unidos vencem a China e vão encarar a Turquia na final da Liga das Nações

Os Estados Unidos estão da final da Liga das Nações Feminina. Jogando em Nanjing (China), venceram as donas da casa por 3 x 1, com parciais de 25-23, 25-20, 18-25 e 25-18. Na final as americanas vão encarar as turcas, que derrotaram o Brasil.

A ponteira Michelle Bartsch foi a maior pontuadora da partida com 24 pontos, sendo 22 de ataques e 2 bloqueios. Ting Zhu foi a maior pontuadora da China com 18 pontos, sendo todos de ataques.

EUA – Bartsch 24, Akirandewo 14, Murphy 13, Hill 10, Dixon 9, Larson 6, Drews 3, Lloyd 1.

CHI – Zhu 18, Li Yingying 14, Yuan 9, Gong 9, Liu 9, Yan 4, Diao 2, Zeng 1.

Foto: Divulgação / FIVB.

Brasil perde para Turquia e vai disputar o terceiro lugar na Liga das Nações

A Seleção Brasileira de Vôlei não conseguiu repetir o bom desempenho que fez diante da China, perdeu para a Turquia por 3 x 0, com parciais de 25-23, 25-23 e 25-22. Com a derrota o Brasil  vai disputar o terceiro lugar na Liga das Nações Feminina.

A ponteira Hande Baladin e a oposta Meryem Boz foram as maiores pontuadoras da Turquia com 14 pontos, cada. A oposta brasileira Tandara Caixeta foi a maior pontuadora da partida com 20 pontos, sendo 19 de ataques e 1 bloqueio.

TUR – Baladin 14, Boz 14, Erdem 11, Gunes 10, Ismailoglu 6, Ozbay 4, Karakurt 1.

BRA – Tandara 20, Gabi 14, Adenizia 4, Bia 4, Carol 3, Amanda 3, Rosamaria 1, Roberta 1.

Foto: Divulgação / FIVB.

 

Brasil joga bem, vence a China e vai encarar a Turquia nas semifinais da Liga das Nações

A Seleção Brasileira Feminina de Vôlei, não deu chances e venceu a China na Liga das Nações por 3 x 0, com parciais de 25-20, 25-22 e 25-22. Com a vitória, o Brasil terminou em primeiro lugar no grupo e vai encarar a Turquia nas semifinais da competição.

A oposta Tandara Caixeta foi a maior pontuadora da partida com 19 pontos, sendo 16 de ataques, 1 bloqueio e 2 aces. A ponteira Ting Zhu foi a maior pontuadora da China com 13 pontos, sendo 12 de ataques e 1 bloqueio.

BRA – Tandara 19, Gabi 14, Adenizia 10, Amanda 8, Bia 8, Roberta 3, Monique 1.

CHI – Zhu 13, Yuan 8, Zeng 6, Liu 6, Yan 6, Gong 5, Li 5, Ding 1, Hu 1.

Foto: Divulgação / FIVB.

Vitória tranquila do Brasil sobre a Holanda na Liga das Nações

A Seleção Brasileira Feminina estreou na fase final da Liga das Nações, com vitória tranquila sobre a Holanda por 3 x 0, com parciais de 25-16, 25-17 e 25-23. A oposta Tandara Caixeta foi a maior pontuadora do confronto com 17 pontos, sendo 16 de ataques e 1 ace.

Outro destaque da partida foi a ponteira Gabi, que atuou nos 3 sets e marcou 14 pontos, sendo 12 de ataques e 2 aces. A oposta Lonneke Sloetjes foi a maior pontuadora da Holanda com 15 pontos, sendo todos de ataques.

 

BRA – Tandara 17, Gabi 13, Bia 10, Adenizia 9 (6 bloqueios), Amanda 7, Roberta 3, Carol 1.

HOL – Sloetjes 15, Belien 8, Daalderop 5, Plak 5, Buijs 3, Juliet 2, Dijkema 1, Koolhaas 1.

Com a vitória o Brasil garantiu vaga nas semifinais da competição. Classificação:

Brasil – 1 jogo, 1 vitória e 3 pontos conquistados

China – 1 jogo, 1 vitória e 3 pontos conquistados

Holanda – 2 jogos, 2 derrotas e nenhum ponto conquistado.

Foto: Divulgação / FIVB.