Com Natália e Gabi, Minas apresenta equipe feminina para temporada 2018/2019

A Diretoria do Minas apresentou, na manhã dessa quarta-feira (12/9), a equipe feminina de vôlei que disputará a temporada 2018/19. Em evento realizado no Salão de Festas do CF, no Minas I, as jogadoras e a comissão técnica também apresentaram os novos uniformes, que, nessa temporada, são fornecidos pela Rainha. Além do elenco e de dirigentes minastenistas, estiveram presentes representantes da Localiza Hertz, da Axial, da JAM Engenharia e da Rainha, que são patrocinadores do Minas.

Atual tricampeão sul-americano, o Minas entrará em quadra para disputar, além do tetracampeonato continental, a Superliga Feminina, a Copa Brasil e o Campeonato Mundial de Clubes, que será entre os dias 4 e 9 de dezembro, em Shaoxing, na China.

O técnico da equipe, Stefano Lavarini, falou em nome do grupo. Para ele, que comanda a equipe pelo segundo ano seguido, essa temporada será de grandes desafios. “Primeiro, eu quero agradecer ao Minas a oportunidade de ser técnico de um dos clubes mais importantes do Brasil. Acredito que será uma temporada bem difícil, com muitos desafios, muitos adversários fortes e que também querem vencer. Porém, no que depender da nossa garra e determinação, vamos fazer de tudo para alcançar os melhores resultados. Temos muita qualidade técnica, e eu tenho uma expectativa boa para o que vamos construir nessa temporada. Acredito que seremos bem competitivos”, planejou o treinador italiano.

A ponteira Natália disse estar feliz por representar o Minas. “Estou muito feliz por estar aqui em BH e poder vestir a camisa do Minas. Já joguei com algumas atletas e estou muito empolgada por representar esse slube que é um dos maiores do Brasil, sem dúvida nenhuma. Acredito que será uma temporada espetacular, e nós vamos, juntas, tentar colocar o Minas nas primeiras colocações”, comentou a ponteira minastenista e da seleção brasileira.

volei_feminino_apresentacao_equipe_2018_19_44_copy
Natália

Já a belo-horizontina Gabi está empolgada por representar o Minas e, para ela, vestir a camisa do Clube é um sonho realizado. “Estou muito alegre por voltar a jogar na minha cidade, perto da minha família, dos meus amigos e dos torcedores mineiros, agora, em um clube que eu sempre sonhei em jogar. Eu vim do Mackenzie, aqui pertinho, e era uma rivalidade muito grande com o Minas. Eu sempre comentei que um dos meus sonhos era representar essa camisa, pela história que o Minas tem, pelos atletas que passaram por aqui e pela estrutura que o Clube oferece à gente, com grandes profissionais, e como o esporte aqui é levado a sério. Estou muito feliz e vou defender o Minas com todas as minhas forças”, ressaltou a atleta do Clube e também da seleção brasileira.

volei_feminino_apresentacao_equipe_2018_19_47_copy
Gabi

Fotos: Orlando Bento/MTC

Anúncios

CBV anuncia novidades e final da Superliga Feminina será decidida em melhor de três jogos

Representantes das 12 equipes confirmadas na Superliga Cimed feminina de vôlei 2018/2019 se reuniram nesta terça-feira (28.08), em São Paulo (SP), para definição de regulamento e tabela da próxima edição do campeonato. Houve alteração no formato dos playoffs, que, agora, serão disputados em série melhor de três jogos, inclusive na final, onde o mando de quadra será dos clubes que estarão na disputa pelo título – mais uma novidade.

Dentil/Praia Clube (MG), Sesc (RJ), Minas Tênis Clube (MG), Osasco/Audax (SP), Hinode Barueri (SP), Pinheiros (SP), Sesi Vôlei Bauru (SP), Fluminense (RJ), São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), BRB/Brasília (DF), Balneário Camboriú (SC) e Curitiba Vôlei (PR) estiveram com o superintendente e a gerente de competições de quadra da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Renato D’Avila e Cilda D’Angelis. Também estiveram presentes os presidentes da federação paulista, Renato Pera, e mineira, Tomás Mendes, além dos diretores técnicos das respectivas entidades, Wagner Braga e Daniel Lopes.

Na reunião ficou definido que a Superliga feminina terá início em meados de novembro e que todo o playoff, inclusive a grande final, será decidida em série melhor de três jogos. A previsão de datas para as três partidas que definirão o campeão da temporada é de dias 20 e 27 de abril e, se preciso, 4 de maio – modificações poderão ser feitas em função da televisão.

Também foi decidido que a premiação individual da Superliga Cimed feminina 18/19 será por posição, e não mais por fundamento, formando, assim, a seleção do campeonato. Além disso, serão premiadas a melhor jogadora de cada final, com o Troféu VivaVôlei, e a melhor atleta da competição.

Foto: Divulgação/CBV

Axial e Rainha são os novos patrocinadores do Minas para a temporada 2018/2019

A equipe feminina de vôlei do Minas ganhou mais dois grandes parceiros para a temporada 2018/19. A Axial Inteligência Diagnóstica, referência em exames laboratoriais, de imagens, esportivos e cardiológicos em Minas Gerais, será uma das patrocinadoras do time e terá a sua marca em quadra nas disputas do Campeonato Mineiro, Superliga Feminina, Copa Brasil e Campeonato Mundial de Clubes. Já a Rainha escolheu o Minas para o seu retorno ao vôlei e irá fornecer os uniformes da equipe, que, em breve, serão apresentados aos torcedores e à imprensa.

A Axial
Empresa pertencente ao Grupo Alliar, a Axial atua no mercado há 25 anos e possui 17 unidades espalhadas por Minas Gerais, sendo nove em Belo Horizonte, duas em Contagem e uma em Betim, Diamantina, Formiga, Nova Lima, Ouro Preto e Pará de Minas. Nestes anos de atividades ininterruptas, movida por um aprimoramento constante e dedicando-se pioneiramente à utilização de equipamentos de alta tecnologia, a AXIAL ampliou sua oferta de serviços. Atualmente, a clínica realiza exames de Densitometria Óssea, Ecodoppler e Color doppler, Mamografia Digital, Biópsias, Tomografia Computadorizada, PET-CT, Ressonância Magnética, Ultrassonografia, Radiologia Digital e Análises Clínicas.

A Rainha
A Rainha é uma marca para o dia a dia que estimula o prazer da atividade física e de explorar o mundo com os pés. Por isso, convida as pessoas a redescobrirem a relação com o entorno da sua cidade. A marca traduz esses conceitos para o universo esportivo e casual com criações de vestuário, calçados e acessórios que aliam conforto, estilo e qualidade, sempre em sintonia com as principais tendências da moda.

A Rainha pertence à BR Sports, empresa especializada na gestão de marcas esportivas que busca tornar-se a maior representante do segmento no Brasil. Criada em 2015 a partir da aquisição das marcas Topper Brasil e Rainha, a empresa pertence a Sforza Holding, gestora de investimentos do empresário Carlos Wizard Martins. Hoje, a BR Sports também representa as marcas Saucony e Hickies no Brasil.

Foto: Orlando Bento/MinasTC

CBV oficializa equipes para temporada 2018/2019 da Superliga Feminina e Masculina

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou a lista de clubes que confirmaram a participação na edição 2018/2019 da Superliga.

Na Superliga feminina 2018/2019 estarão o Dentil Praia Clube (MG), Sesc-RJ, Minas Tênis Clube (MG), Osasco/Audax (SP), Hinode Barueri (SP), Fluminense (RJ), E.C. Pinheiros (SP), Sesi Vôlei Bauru (SP), São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) e BRB/Brasília Vôlei (DF) que são os 10 melhores da última edição. Completam a lista o Curitiba Vôlei (PR) e o Vôlei Balneário Camboriú (SC) campeão e vice da Superliga B feminina 2018 respectivamente.

Na disputa masculina, os melhores da temporada 2017/2018: Sada Cruzeiro (MG), Sesi-SP, Taubaté (SP), Vôlei Renata (SP), Montes Claros Vôlei (MG), Minas Tênis Clube (MG), Sesc-RJ, Caramuru (PR) e São Bernardo Vôlei (SP). O Vôlei Ribeirão Preto (SP) e Vôlei UM Itapetininga (SP) primeiro e segundo colocados da Superliga B também se garantiram na próxima temporada da elite do voleibol brasileiro. Completa a lista o Copel Telecom/Maringá (PR), que, após a desistência do Canoas (RS), substituiu a equipe gaúcha por ter sido o décimo primeiro da edição anterior.

Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Premiações individuais da Superliga Feminina de Vôlei 2017/2018

Chegou ao fim a edição 2017/2018 da Superliga Feminina de Vôlei. O Praia Clube conquistou seu primeiro título. Confira com a gente, as premiações individuais da competição:

Melhor jogadora: Tandara (Vôlei Nestlé).

Melhor levantadora: Roberta (SESC-RJ)

Melhor bloqueadora: Bia (Vôlei Nestlé)

Maior pontuadora: Tandara (Vôlei Nestlé)

Melhor saque: Bruna (Pinheiros)

Melhor passe: Fabí (SESC-RJ)

Melhor defesa: Suelen (Praia Clube).

Foto: Divulgação / CBV.

 

É Campeão! Praia Clube vence partida e no Golden Set, conquista seu primeiro título da Superliga

O Praia Clube é Campeão da Superliga 2017/2018. Jogando no ginásio do Sabiazinho, em Uberlândia (MG), a equipe comandada pelo técnico Paulo Coco, fez bem o dever de casa, vence a partida sobre o SESC RJ Por 3 x 0, com parciais de 25/19, 25/23 e 25/17), levando a decisão para o Golden Set.

No Golden Set a equipe mineira mostrou a mesma garra, eficiência e venceu por 25-18. Conquistando seu primeiro título de Superliga. A levantadora Claudinha foi eleita a melhor da partida e levou o troféu Viva Vôlei.

Foto: Divulgação / CBV.

 

 

SESC RJ vence Praia Clube na primeira partida da final da Superliga Feminina

O SESC RJ venceu agora pouco Praia Clube na primeira partida da final da Superliga Feminina 2017/2018 por 3 x 1, com parciais de 26/24, 25/19, 22/25 e 25/17.

O Praia time de melhor campanha na fase classificação, sofreu bastante na recepção, sem passe as centrais foram pouco acionadas pela levantadora Claudinha, que teve como desafogo a oposta Nicole Fawcett.

Do outro lado o SESC fez uma bela partida, o trio de atacantes Drussyla, Gabi e Monique jogaram muito bem, sem falar na bela atuação da central da Mayhara, decisiva em alguns momentos da partida.

A segunda e última partida da final será no próximo domingo, às 9h10 (horário de Brasília), no ginásio Sabiazinho, em Uberlândia, com transmissão da Globo, SporTV.

Foto: Diego Maranhão/Tabela Carioca