Lançamento da Superliga Masculina reúne representantes dos clubes em São Paulo

A edição que completa 25 anos da maior competição de voleibol no Brasil terá início no próximo dia 24 de outubro e o evento que lança oficialmente a Superliga Cimed masculina 2018/2019 aconteceu na manhã desta quarta-feira (17.10), em São Paulo (SP), com o encontro de representantes dos 12 clubes participantes. A competição será inaugurada com o duelo entre o Vôlei Renata (SP) e o atual campeão Sada Cruzeiro (MG), no taquaral, em Campinas (SP), às 19h30, com transmissão ao vivo do SporTV 2.

O evento contou com técnicos, atletas e dirigentes de Sada Cruzeiro, Sesi-SP, Sesc RJ, EMS Taubaté Funvic (SP), Fiat/Minas (MG), Vôlei Renata, São Judas Vôlei (SP), Corinthians-Guarulhos (SP), Caramuru Vôlei (PR), Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) e Vôlei UM Itapetininga (SP). O treinador do time de Ribeirão Preto, Marcos Pacheco, comentou a expectativa para a primeira temporada da equipe na elite do esporte.

Assim como em temporadas anteriores, a Superliga Cimed masculina 2018/2019 reunirá campeões olímpicos, mundiais, além de jogadores com passagens importantes pela seleção brasileiras.  Um dos campeões olímpicos que estarão em quadra nesta temporada, o ponteiro Ricardo Lucarelli, do EMS Funvic Taubaté, volta a disputa depois de quase um ano afastado por lesão. O atleta está confiante com as chances do time paulista na competição, mas sabe que o nível estará equilibrado e a missão de conquistar o título não será fácil.

“Com certeza nossa equipe foi montada para conquistar o título, mas sabemos que todas as outras equipes montaram excelentes elencos. Por isso, acreditamos que a batalha pelo título desta temporada será bastante dura. Mas, acredito que trabalhar com este foco nos ajuda a nos esforçar cada vez mais, que a gente consiga levar o troféu para a cidade de Taubaté, que merece”, comentou Lucarelli.

lanca-masc-28

Outra característica marcante destes 25 anos da Superliga é a participação de atletas estrangeiros das principais seleções do mundo. Nesta temporada não será diferente. Entre os destaques estão os levantadores argentinos Demián Gonzalez (Vôlei Renata) e Nico Uriarte (EMS Taubaté Funvic), o central francês Le Roux (Sada Cruzeiro) e o ponteiro dos Estados Unidos, Taylor Sander (Sada Cruzeiro), que garantiu estar bastante motivado para jogar no Brasil.

“Estou muito animado de jogar aqui. A principal razão de eu ter escolhido jogar em um clube brasileiro é o nível da Superliga. A seleção brasileira é uma das melhores do mundo, e não é à toa, já que conta com um campeonato muito forte. Eu estou animado para começar uma nova aventura, aprender uma nova forma de jogar voleibol. A cultura do voleibol no Brasil é muito forte e tenho certeza que será uma ótima experiência para a minha carreira. Meu objetivo é sempre jogar em grandes clubes, e eu quero ganhar títulos pelo Sada Cruzeiro”, explicou Sander.

lanca-masc-31

Transmissões na TV e na WEB

A Superliga Cimed masculina e feminina 18/19 estará disponível para os amantes da modalidade através da televisão e da internet. Os jogos estarão televisionados pelos canais SporTV e TV Gazeta, além do online, através do site Globoesporte.com e do Canal Vôlei Brasil, da TV NSports.

Fotos: Gaspar Nóbrega e Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Anúncios

Superliga Masculina terá início em Outubro

Os 12 clubes participantes da Superliga Cimed masculina de vôlei 2018/2019 mandaram representantes que se reuniram nesta quarta-feira (29.08), em São Paulo (SP), e fizeram definições, junto a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), para a próxima temporada. Entre elas, a data de início da competição: 24 de outubro. A tabela oficial e completa será divulgada em breve, após ajustes com as equipes e televisão.

Representantes do Sada Cruzeiro (MG), Sesi-SP, EMS Taubaté Funvic (SP), Sesc RJ, Minas Tênis Clube (MG), Vôlei Renata (SP), Montes Claros Vôlei (MG), Maringá Vôlei Clube (PR), Ponta Grossa Caramuru (PR), São Bernardo (SP) e os dois times que subiram da Superliga Série B, Vôlei UM Itapetininga (SP) e Vôlei Ribeirão Preto (SP), estiveram na reunião junto ao superintendente e a gerente de competições de quadra da CBV, Renato D’Avila e Cilda D’Angelis.

Outra definição desta quarta-feira diz respeito a premiação individual da Superliga Cimed masculina 18/19, que será por posição, e não mais por fundamento. Desta forma, será formada a seleção do campeonato, com o melhor levantador, os melhores ponteiros, centrais, o melhor oposto e o melhor líbero. Além disso, serão premiados o melhor jogador de cada final, com o Troféu VivaVôlei, e o melhor atleta da competição.

Foto: Divulgação / CBV.

CBV oficializa equipes para temporada 2018/2019 da Superliga Feminina e Masculina

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou a lista de clubes que confirmaram a participação na edição 2018/2019 da Superliga.

Na Superliga feminina 2018/2019 estarão o Dentil Praia Clube (MG), Sesc-RJ, Minas Tênis Clube (MG), Osasco/Audax (SP), Hinode Barueri (SP), Fluminense (RJ), E.C. Pinheiros (SP), Sesi Vôlei Bauru (SP), São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) e BRB/Brasília Vôlei (DF) que são os 10 melhores da última edição. Completam a lista o Curitiba Vôlei (PR) e o Vôlei Balneário Camboriú (SC) campeão e vice da Superliga B feminina 2018 respectivamente.

Na disputa masculina, os melhores da temporada 2017/2018: Sada Cruzeiro (MG), Sesi-SP, Taubaté (SP), Vôlei Renata (SP), Montes Claros Vôlei (MG), Minas Tênis Clube (MG), Sesc-RJ, Caramuru (PR) e São Bernardo Vôlei (SP). O Vôlei Ribeirão Preto (SP) e Vôlei UM Itapetininga (SP) primeiro e segundo colocados da Superliga B também se garantiram na próxima temporada da elite do voleibol brasileiro. Completa a lista o Copel Telecom/Maringá (PR), que, após a desistência do Canoas (RS), substituiu a equipe gaúcha por ter sido o décimo primeiro da edição anterior.

Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Cruzeiro vence SESI-SP e é Hexacampeão Superliga

Na manhã deste domingo, 06/05, diante de cerca de 15 mil torcedores, o Cruzeiro venceu a segunda partida sobre o SESI-SP por 3×2, com parciais de  25/16, 17/25, 25/22, 23/25, 22/20 e levantou a taça de campeão da Superliga 2017/18.

A equipe mineira já havia batido o SESI-SP por 3 a 2 em território paulista, no primeiro duelo da final, e precisou de uma vitória simples para sacramentar a conquista do seu quinto título consecutivo de Superliga e o sexto em sua história.

O confronto no Mineirinho foi bastante equilibrado, com as duas equipes se alterando na vantagem do placar do início ao fim. O tie-break foi tão disputado que só terminou em 22 a 20, com uma bola de cheque de Simon que levantou o ginásio e deu a taça aos cruzeirenses.

Premiações individuais:

Melhor Saque: Simon (Sada Cruzeiro)
Melhor atacante: Leal (Sada Cruzeiro)
Melhor bloqueador:  Maurício Souza (Sesc RJ)
Melhor levantador: William (Sesi-SP)
Melhor defesa: Tiago Brendle (Sesc RJ)
Melhor recepção: Thales Hoss (EMS Taubaté Funvic)
Maior pontuador: Wallace Souza (EMS Taubaté Funvic)
MVP: Leal (Sada Cruzeiro)

Foto: Agência i7/Sada Cruzeiro.

Cruzeiro vence SESI-SP na primeira partida da final da Superliga Masculina

Cruzeiro começou muito bem nas finais da Superliga e vai levar para Minas Gerais um importante resultado. Na tarde deste sábado, 28/04, no ginásio do Ibirapuera, venceu o Sesi-SP em um jogo disputadíssimo por 3 x 2, com parciais de 25/23, 27/25, 26/24, 26/22 e 15/12.

O ponteiro Yoandy Leal e o oposto Evandro Guerra foram os maiores pontuadores da partida com 21 pontos, cada. O Levantador argentino Nicolas Uriarte, foi eleito o melhor da partida e levou o troféu Viva Vôlei.

CRU – Leal 21, Evandro 21, Simon 13, Isac 12, Uriarte 7, Filipe 4, Rodriguinho 3.

SES – Lipe 16, Lucão 15, Douglas Souza 13, Franco 9, Alan 9, Gustavão 3, William 1.

Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

Cruzeiro vence Taubaté e leva decisão das semifinais da Superliga para quinta partida

O Cruzeiro venceu agora pouco o Taubaté na quarta partida das semifinais da Superliga Masculina 2017/2018. Com a vitória, o Cruzeiro empatou a série em 2-2, levando a decisão para quinta e última partida.

O ponteiro Leal foi o maior pontuador da partida com 16 pontos, sendo 12 de ataques, 2 bloqueios e 2 aces.

Taubaté 0 x 3 Cruzeiro (23/25, 25/27, 20/25).

TAU – Wallace 10, Ivovic 9, Solé 9, Dante 6, Otávio 5, Madaloz 3, Raphael 3.

CRU – Leal 16, Simon 11, Evandro 11, Filipe 8, Isac 5, Uriarte 2.

Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

Cruzeiro vence Taubaté e segue na briga por uma vaga na final da Superliga

O Sada Cruzeiro está vivo na Superliga! Na noite desta sexta-feira, 13/04, a equipe celeste venceu o Taubaté no jogo três da série semifinal e conseguiu diminuir a série em 2 a 1. Com o Riachão lotado e embalado pela sua torcida, o elenco mostrou garra e eficiência para vencer o adversário por 3 x 0, com parciais de 25/20, 25/19 e 25/17.

O ponteiro Leal e o oposto Evandro foram os maiores pontuadores, com 14 pontos cada. Evandro foi eleito o melhor em quadra e recebeu o troféu VivaVôlei.

CRU – Leal 14, Evandro 14, Simon 9, Isac 7, Felipe 4, Uriarte 4.

TAU – Wallace 8, Ivovic 8, Solé 8, Dante 7, Otávio 6.

Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro